segunda-feira, 11 de novembro de 2019

ABC fala em ir a justiça comum para ficar na Serie C

Derrotado duas vezes em julgamentos realizados no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o ABC admitiu que pode levar o caso do treinador do Treze-PB, Celso Teixeira, para ser apreciado na justiça comum. O Alvinegro denuncia que Celso atuou de maneira irregular em uma partida do time paraibano na Série C deste ano e, por este motivo, pede que o clube seja punido com a perda de pontos. Se isso acontecer, o ABC passa o Treze na classificação e evita o rebaixamento para a Série D do ano que vem.
Primeiramente, o caso foi apreciado pela 3ª Comissão Disciplinar do STJD e o time potiguar acabou derrotado por 4 a 0. Em recurso, o caso foi novamente julgado, desta vez pelo Pleno da Corte desportiva, mas o resultado não mudou: derrota por 6 a 2. Para o presidente abecedista Fernando Suassuna, os dois votos favoráveis no julgamento do Pleno comprovam que a denúncia tem fundamento e, por isso, o clube avalia a possibilidade de ingressar na justiça comum em busca de melhor resultado.
“Como presidente, eu tenho o dever de defender meu clube. Se no julgamento do Pleno aconteceram 2 votos favoráveis, significa que alguma coisa de errada realmente teve. Não tem nada claro para eles (os procuradores). Estamos respaldados pela documentação que temos sobre este processo e posso dizer que iremos até o fim, seguindo todos os trâmites legais”, garantiu Suassuna em entrevista a rádio 98FM na última quinta-feira, 7.
De acordo com o presidente, a queda da Série C para a Série D representa uma perda significativa para o ABC, e justamente por isso o time vai tentar evitá-la até a última instância. “Posso dizer que nós vamos fazer todo o possível, mas claro, dentro da legalidade. Se nós temos a convicção, se nosso direito é bom, se estamos certos de tudo que está ocorrendo, nós não vamos ter medo. Medo do que? Se nós temos a razão não temos o que temer. Só não vamos ser irresponsáveis”, concluiu.
Entidade máxima do futebol mundial, a Fifa proíbe o uso da justiça comum para a resolução de conflitos envolvendo o esporte. Em seu estatuto, o artigo 66 destaca que a Corte Arbitral do Esporte, na Suíça,  é a única entidade reconhecida para a resolução dos problemas da modalidade após se esgotarem os recursos nas Justiças Desportivas de cada país. Caso insistam no uso da justiça comum, os clubes podem acabar recebendo sanções pesadas por parte da entidade.

João Câmara campeão da Liga de Futsal


A seleção do município de João Câmara é a grande campeã do Campeonato Norte-rio-grandense Adulto de Futsal 2019 promovido pela Liga Norte-rio-grandense de Futsal. 
  jogo foi (9/11) empatou em 2 a 2 com o Cruzeiro Futsal, da cidade de Assu, no ginásio Deputado Arnóbio Abreu. O empate deu o título ao time da região do Mato Grande, em virtude de, no primeiro confronto da decisão ter vencio por 2 a 0. 
Como campeão, João Câmara vai receber como prêmio R$ 4.000,00, enquanto o vice do Cruzeiro valeu R$ 3.000,00.
Fonte e foto: esporte amador rn

sábado, 9 de novembro de 2019

Definido formula e clubes do Estadual 2020



O Campeonato Potiguar de Futebol de 2020, após definição da formula que será disputados por oito clubes em dois turnos, no 1º turno os jogos de Ida e no 2º Turno,  os jogos de volta, conheceu hoje o ultimo participante que foi o Força e Luz , campeão da segunda divisão.

Pelo regulamento ao final de cada turno os dois primeiros colocados decidem o turno em jogo único. O 1º turno é denominado Copa Cidade do Natal e o 2º turno Copa RN. Caso ocorra de um time vencer os dois turnos, esse será o campeão estadual de 2020 e caso dois times vençam os turnos, a decisão serão em dois jogos. O campeão terá acesso direto a Copa Nordeste e o vice para seletiva. O campeão de cada turno tem vaga na Copa do Brasil e os dois melhores classificados vaga para Serie D.

Os jogos da 1ª rodada

ABC x Globo
América x Força e Luz
Potiguar x Santa Cruz
Palmeira x ASSU


Força e Luz vence o Alecrim e conquista a segunda divisão do estadual 2019


O estadio Frasqueirão recebeu a  final da Segunda Divisão do Estadual , entre dois clubes de Natal e o Força e Luz se sagrou campeão ao vencer a equipe do Alecrim nos pênaltis, após empate no tempo normal pelo placar de 1x1. Victor Souza abriu o placar para o Time Elétrico, enquanto Ronaldo descontou para a equipe o Alecrim.



O Força e Luz retorna a elite do estadual em menos de um ano, após ter sido rebaixado no primeiro semestre da temporada, pois o regulamento do estadual permitia que o rebaixado no primeiro semestre, poderia disputar a segunda divisão no seguindo semestre.

O Time Elétrico tetra Campeão da Segunda Divisão em 2019, pois  acumula os títulos da desta divisão  de 1969, 2014, 2017 e agora 2019.

jogos do Força e Luz na Segunda Divisão 2019

09/11 – Alecrim 1x1 Força e Luz               
04/11 - Força e Luz 3x1 Centenário.       
30/10 – Centenário 0x5 Força e Luz       
19/10 - Visão Celeste 1x1 Força e Luz    
17/10 - Força e Luz 3x0 Potengi
07/10 - Força e Luz 3x0 Visão Celeste

Campanha:
Jogos realizados: 06
Vitórias: 04
Empates: 02
Derrota: 00
Gols marcados: 16
Gols sofridos: 03
Média de gols marcados: 2,7 gols por partida.

Campeonato Potiguar - Todos os jogos

Campeonato Potiguar – 2º divisão 2019
Alecrim Futebol Clube de Natal
Clube Atlético Potengi de Natal
Centenário Esporte Clube de Parelhas
Centro esportivo Força e Luz de Natal
Parnamirim Sport Clube de Parnamirim
Visão celeste esporte Clube de Parnamirim

1º Fase
GRUPO 1
28.09-Alecrim                 3x1      Parnamirim
Gols: Geilson , Ronaldo  e Montanha ; Gustavo

05.10
Parnamirim                     0x3      Centenário
GOLS: Henrique (2x) e Gabriel Maceiómeuip.co
13.10 Centenário           0x1      Alecrim
gol de Anderson(p)

16.10 Parnamirim          0x6      Alecrim
gols de Michel (4), Toinho e Anderson

20.10  Centenário          2x0      Parnamirim
Gols: Marcos e Edvaldo

23.10  Alecrim                3x1      Centenário
Gols: Anderson, Toinho, Ronaldo ; Naldinho

Col.
Equipe
PTS
J
V
E
D
GP
GC
SG
1
Alecrim
12
4
4
0
0
13
2
11
2
Centenário
6
4
2
0
2
6
4
2
3
Parnamirim
0
4
0
0
4
1
14
-13

GRUPO 2
28.09       Atlético Potengi          0x4     Força e Luz
Gols:

 07.10 Força e Luz         3x0      Visão Celeste
Gols:

 12.10 Visão Celeste      0x5      Atlético Potengi
Gols: Gustavo (2), Evandro, Werli e Caça Rato

 17.10 Força e Luz         3x0      Atlético Potengi
Gols: Eduardo, Rogerinho e Edson Kappa

20.10  Visão Celeste      1x1      Força e Luz
Gols:  Bisneto; Daniel      

23.10 Atlético Potengi   1x0      Visão Celeste
Gol: Gustavo


Col.
Equipe
PTS
J
V
E
D
GP
GC
SG
1
Força e Luz
10
4
3
1
0
11
1
10
2
Atlético Potengi
6
4
2
0
2
6
7
-1
3
Visão Celeste
1
4
0
1
3
1
10
-9

2º Fase
30/10 – jogos de ida
Atlético Potengi    0x2           Alecrim
Gols: Geilson e Montanha

Centenário 0x5   Força e Luz
Gols: Kapa, Macena, Allyson, Xilu e Rogerinhoabrir ecommerce

03/11 – jogos de volta
Alecrim F.C X C.A.tletico Potengi
Gols: Adílio(2) e Cleitoncomo criar um blog


04/11
Força e Luz X Centenário
Local: Estádio: Frasqueirão
Arvitro:Leandro De Sales Barchz – CEAF
Gols: Histone e Capacete (2); Benacecomo criar um blog

Final – 09/11
Força e Luz 1x1 Alecrim
Frasqueirão, em Natal
Renda bruta – R$ 9.860,00 - Público – 951
Arbitro: Pablo Ramon Pinheiro
Gols: Victor Souza ; Ronaldo ( pênalti)
Pênaltis:  Força e Luz 4x3.

Força e Luz campeão da 2ª Divisão e garantiu o acesso á 1ª Divisão em 2020

Artilheiros:
07 gols – Edson Kappa do Força e Luz
04 gols – Michel do Alecrim

03 gols – Gustavo do Potengi e Ronaldo e Anderson do Alecrim

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Em 2018, FNF gastou mais com telefonia do que com futebol feminino!

Balancete financeiro da entidade, divulgado no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), apontou que, no ano passado, foram gastos R$ 16 mil com telefonia.
Divulgação - Cruzeiro de Macaíba.
Embora mal tenha começado, o Campeonato Potiguar de Futebol Feminino de 2019 já está se aproximando do seu final. Das sete equipes que iniciaram o torneio, apenas quatro continuam na disputa: Cruzeiro, Força e Luz, União e Visão Celeste. Elas são semifinalistas da competição e devem iniciar essa nova fase neste final de semana (a confirmação ainda carece de entendimento da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol, a FNF, que organiza o torneio). Apesar do crescimento significativo no número de equipes participantes entre 2018 e 2019 (no ano passado apenas três agremiações entraram em campo para disputar a taça, ante as sete deste ano), o investimento na categoria ainda é pequeno, e isso pôde ser comprovado no último balancete financeiro da Federação, referente a 2018, que está disponível para consulta no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). De acordo com o documento, a FNF desembolsou R$ 13.068,72 para promover a disputa do Campeonato Estadual Feminino de 2018. Essas cifras, apesar de não estarem detalhadas no balancete, envolvem custos operacionais como a arbitragem, além de outros gastos necessários como a confecção de troféu e a compra de medalhas. O gasto com o futebol feminino no RN em 2018 foi tão irrisório que acabou superado até mesmo pelo investimento em telefonia (fixa/móvel), onde a entidade gastou R$ 16.800,71. O valor destinado pela Federação ao futebol feminino no ano passado corresponde a apenas 0,36% da receita bruta da entidade em 2018, quando a FNF teve R$ 3,5 milhões a disposição para promover os campeonatos por ela organizados, bem como, claro, para a manutenção de suas instalações, seja com custos fixos (aluguel, energia, água, etc) ou com pagamento de funcionários. Outro item que exigiu mais do que o futebol feminino foi o custo com materiais de expediente/informática, que demandou R$ 16.321,91. No geral, a Federação Norte Rio-Grandense de Futebol terminou a temporada de 2018 com superávit de R$ 485.050,22. Do valor que arrecadou ao longo do ano (R$ 3.575.132,00), a entidade gastou R$ 3.090.081,78. Em todo o Brasil, a responsável por gerir o futebol potiguar foi a 11ª que mais teve recursos no ano passado, ficando atrás apenas das federações de estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Pernambuco, Bahia, Sergipe e Ceará.

RECEITAS DAS FEDERAÇÕES DO BRASIL EM 2018
1º) São Paulo: R$ 60,7 milhões
2º) Rio de Janeiro: R$ 26,7 milhões
3º) Minas Gerais: R$ 12,6 milhões
4º) Rio Grande do Sul: R$ 11,7 milhões
5º) Paraná: R$ 6,2 milhões
6º) Santa Catarina: R$ 5,2 milhões
7º) Pernambuco: R$ 5,1 milhões
8º) Bahia: R$ 5,1 milhões*
9º) Sergipe: R$ 4,0 milhões
10º) Ceará: R$ 3,8 milhões
11º) Rio Grande do Norte: R$ 3,5 milhões
12º) Goiás: R$ 3,5 milhões
13º) Paraíba: R$ 3,1 milhões
14º) Pará: R$ 2,9 milhões
15º) Maranhão: R$ 2,8 milhões
16º) Alagoas: R$ 2,5 milhões
17º) Acre: R$ 2,4 milhões
18º) Piauí: R$ 2,2 milhões
19º) Espírito Santo: R$ 2,1 milhões
20º) Mato Grosso: R$ 1,7 milhão
21º) Roraima: R$ 1,6 milhão
22º) Tocantis: R$ 1,6 milhão
23º) Mato Grosso do Sul: R$ 1,5 milhão
24º) Rondônia: R$ 1,4 milhão
25º) Amazonas: R$ 1,3 milhão
26º) Distrito Federal: R$ 1,1 milhão
27º) Amapá: R$ 992 mil
*valores de 2017; balanço de 2018 não divulgado. 
Fonte: Agora RN